Hospital Ernesto Dorneles

hed-logo

 

Atualizar o ambiente de TI e dos desktops sempre foi uma constante no Hospital Ernesto Dornelles, com sede no Rio Grande do Sul, Porém, a atividade de renovar hardware e software tomava muito tempo do pessoal de TI, que não podia dedicar mais tempo à gestão de processos. Depois de experimentar com muito sucesso e economia a virtualização de servidores e desktops, a solução encontrada por Amaro Neto, gestor de TI da empresa, foi transformar todos os 300 desktops físicos e todos os servidores em máquinas virtuais com a solução da VMware, projetada e implementada pela Computéknica, especializada em serviços de virtualização.

Sobre o HED

No dia 19 de novembro de 1928, um grupo de idealistas formado por 88 servidores públicos, preocupados com a saúde da categoria e de seus familiares, fundou a Associação dos Funcionários Públicos do Estado do Rio Grande do Sul – entidade civil de direito privado, com o objetivo de prestar serviços voltados à prevenção de doenças e à promoção da qualidade de vida. Crescendo rapidamente, graças à abnegação e trabalho de suas sucessivas diretorias, a Associação abraçou um gigantesco desafio: construir seu próprio hospital, para atender as necessidades dos Servidores Públicos do Estado do Rio Grande do Sul.

O Principal desafio do projeto era não só fornecer ao usuário um desktop que provesse alto desempenho e que tivesse alta disponibilidade, mas também a de reduzir custos energéticos e que fosse o menos poluente possível, o que somente foi possível com a ferramenta de virtualização VMware e com a toda a experiência da Computéknica na implementação.

Com as reduções de consumo energético e a de emissão de CO2 na atmosfera foi concedido ao HEd o certificado de empresa verde, somando a estas reduções a melhor utilização dos recursos e a redução de custos com a parte técnica viabilizou o crescimento do Hospital que pode inaugurar o novo centro clínico.

« Voltar