Plásticos Herc

herc

Plásticos Herc adota a ferramenta VMware View para virtualizar 80 desktops com recursos multimídia A Solução Conexão remota e mobilidade são outras características dos usuários da rede da Plásticos Herc e a opção pelo VMware View foi a que mais atendeu às necessidades da empresa. “Já tínhamos testado outra ferramenta, mas não foi satisfatória.” Com a consultoria da Computéknica, ao usar o VMware View 5, em apenas um dia foi possível disponibilizar o ambiente para início dos testes que resultaria na virtualização da totalidade dos desktops da Plásticos Herc. Não havia mão-de-obra suficiente para atualização constante de software e renovação do parque de computadores. Além disso, para o administrador da rede, a gestão se tornou muito menos complexa. Atualizar o ambiente de TI e dos desktops sempre foi uma constante na indústria de Plásticos Herc, com sede no Rio Grande do Sul. Porém, a atividade de renovar hardware e software tomava muito tempo do pessoal de TI, que não podia dedicar mais tempo à gestão de processos. Depois de experimentar com muito sucesso e economia a virtualização de servidores, a solução encontrada por Charles Teixeira da Silva, administrador de redes da empresa, foi transformar 80 desktops em máquinas virtuais com o VMware View 5 Premier. O projeto contou com a consultoria da Computéknica, especializada em serviços de virtualização.

O Desafio

O principal desafio do projeto era fornecer aos usuários thin clients com prioridade para aplicações que incluem som, vídeo e fotos, além das corporativas. De acordo com Cristiano Baez, gerente de TI da Plásticos Herc, dos 450 funcionários da empresa, 80 pertencem às áreas administrativa e de vendas. “A VMware e a Computéknica Informática nos ajudaram a escolher a melhor solução para thin clients com suporte total a som e vídeo, além de termos oferecido aos funcionários a opção de compra de um periférico padrão USB para leitura de CDs. Desta forma, os usuários teriam a troca da estação tradicional pela virtualizada sem perda de experiência multimídia”, explica Baez.

« Voltar